7 Dicas para preservar a sua individualidade no trabalho

colegas de trabalho

Veja como preservar a sua individualidade no trabalho.

Grande parte das pessoas trabalha em ambientes coletivos, ou seja, inseridos em equipes com objetivos gerais. Nesse contexto, os profissionais podem acabar perdendo traços relevantes da sua particularidade, aquilo que os torna únicos.

Engajar-se nos objetivos empresariais não deve significar deixar os seus próprios objetivos de lado. É importante equilibrar os interesses particulares e gerais para dedicar-se à equipe e a si mesmo enquanto profissional. Você não pode e não deve renunciar a quem é.

A individualidade no trabalho deve ser mantida por ser uma forma de somar talentos diferentes. Preservar as suas características particulares contribui para criar um grupo mais diverso. Continue lendo e confira dicas para preservar o que te faz único. 

Individualidade no trabalho: confira 7 dicas de como preservar a sua!

Confira a seguir 7 dicas de como preservar a sua individualidade no trabalho. 

1. Lembre-se de quem você é

Essa dica pode parecer um pouco curiosa, mas não é incomum que os profissionais acabem perdendo um pouco da sua identidade quando desenvolvem foco extremo. Então, mantenha sempre em sua mente quem é você e quais são as suas características mais individuais.

Quando estiver diante de um cenário que demande uma decisão importante, tenha em mente qual é a sua linha de pensamento. Ainda que seja diferente do que os outros membros da equipe pensam, é essencial apresentar a sua opinião. As diferenças são essenciais para construir uma visão mais ampla.

2. Seja sempre você mesmo

Provavelmente você conhece alguém que muda de comportamento e até de opinião, dependendo de com quem esteja conversando. Reflita por um instante e considere se também não age assim. Será que você usa máscaras? Muitas pessoas fazem isso sem nem perceber.

A dica é prestar atenção à forma como está se mostrando aos outros e interagindo. Procure sempre ser a mesma pessoa, ou seja, você mesmo. Não se “adaptar” às pessoas à sua volta é essencial para preservar a sua individualidade, quem você é. E mais uma vez ressaltamos que essas características são poderosas para ampliar horizontes.

3. Seja discreto em relação a sua vida pessoal

Ser você mesmo no trabalho é essencial para entregar o melhor de si nos projetos. Contudo, isso não significa trazer a sua vida pessoal para a esfera profissional. Para manter o equilíbrio, é preciso manter as questões pessoais longe do ambiente de trabalho e vice-versa.

A maneira mais inteligente de preservar a sua vida pessoal é compreender que, ao passar pela porta de entrada da empresa, você deve se dedicar exclusivamente ao trabalho. Desligue-se dos problemas que tem em casa e também das expectativas para os bons momentos. Não fale a respeito de questões pessoais.

Quando sair do trabalho, deixe todas as preocupações profissionais na empresa. Em outras palavras, a recomendação é viver plenamente a sua vida pessoal e profissional nos momentos de cada uma. 

4. Estabeleça limites

Conhecer e estabelecer os seus limites no trabalho é fundamental para preservar a sua individualidade. Para isso, tenha bem claros quais são os valores de que você não abre mão. Com essa definição, você saberá tudo o que não fará por não estar de acordo com a sua individualidade.

Saiba quais são os limites dos seus conhecimentos e habilidades técnicas. E lembre-se de que você pode e deve apostar na ampliação desses limites, tornando-se mais qualificado. Determine também os limites da sua capacidade física, entenda quando for necessário parar para descansar.

Foque também em desenvolver a sua inteligência emocional, a capacidade de compreender e gerir as suas emoções. Com essa habilidade você terá mais facilidade para preservar a sua essência, ou seja, a sua individualidade.

5. Tenha respeito pelo seu tempo e defina objetivos

Uma parte importante do esforço de preservar a sua individualidade consiste em entender e respeitar o seu tempo. Cada pessoa tem seu ritmo e não devemos nos engajar em entrar no ritmo alheio. Defina os seus objetivos e considere qual é o seu prazo para concretizar cada um deles.

Quando for definir esses prazos, pense nas etapas que você deverá concluir mantendo o seu ritmo. Não se deixe levar pelos prazos que seus colegas impõem a si mesmos para serem promovidos, receber aumento salarial, fazer uma pós-graduação, entre outros. Cada um tem o tempo certo para fazer o que deseja. 

Essa definição de metas e prazos adequados à sua realidade te ajudará a dizer “sim” para as propostas que te aproximam da realização e “não” para as que te afastam. Além de ser uma medida que contribui para preservar a sua individualidade, também é uma forma de se manter motivado. 

6. Não siga os demais

Quando estamos inseridos em um ambiente coletivo, pode parecer mais fácil seguir grupos. No entanto, antes de tomar decisões seguindo os demais, reflita se isso conversa com quem você é. Manter a individualidade demanda que tenha coragem para seguir caminhos opostos às pessoas a sua volta. 

Se você não concorda com uma proposta para um projeto, por exemplo, pode apresentar o seu ponto de vista. Basta que tenha cuidado para manter o respeito pelos colegas e, assim, debater de forma saudável com eles. Nem sempre as suas ideias serão acatadas pelo grupo, mas você saberá que as apresentou.

7. Respeite a individualidade dos seus colegas

Para preservar a sua individualidade no ambiente de trabalho, é essencial respeitar a individualidade dos seus colegas. Quando você preserva o espaço do outro tende a receber o mesmo respeito de volta. Por outro lado, se você não permite que seus colegas expressem as suas opiniões, também poderá ter as suas tolhidas. 

Devemos estar cientes de que no ambiente de trabalho iremos conviver com pessoas de diferentes perfis. Isso significa que nem sempre todos irão concordar com nossas opiniões e isso é absolutamente saudável. A diversidade de pontos de vista e ideias deve ser preservada para chegar a soluções mais completas. 

Tenha o hábito de refletir se você está trabalhando para preservar a sua individualidade. Lembre-se de que a pessoa que você é constitui o seu grande diferencial.

Este conteúdo te ajudou? Compartilhe em suas redes sociais para levar o conhecimento adiante!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC – Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.



LINK DA FONTE

Rolar para cima