Confira trechos do livro a arte da guerra e inspire-se :: IBC

Guerreiro em frente ao por do sol

Embora os ensinamentos de Sun Tzu fossem direcionados para os militares, podemos utilizá-las como base para outras batalhas, como as do universo corporativo.

Um dos livros mais lidos por executivos no Brasil e em outros países, “A Arte da Guerra” traz ensinamentos importantes sobre estratégias e autoconhecimento. Esse best seller foi escrito muito antes de existir grandes organizações empresariais, contudo, possui dicas e estratégias que podem ser aplicadas nesse setor.

O autor da obra é o pensador chinês Sun Tzu, estima-se que o livro foi escrito por volta de 500 a.C. Ao longo do texto é apresentado ao leitor um verdadeiro manual estratégico de como agir em conflitos armados. No entanto, esses ensinamentos podem ser facilmente transportados para outras esferas da vida, como a empresarial, por exemplo. 

O livro “A Arte da Guerra” deixou de ser um simples tratado de guerra para se tornar uma leitura universal e praticamente obrigatória. O seu conteúdo oferece a possibilidade de se inspirar tanto para o trabalho quanto para conquistar objetivos pessoais.

Se você ainda não leu esta obra prima de Sun Tzu, vai gostar de conferir alguns trechos que podem ser de grande inspiração. 

A Arte da Guerra: conheça sua origem

Sun Tzu foi um importante estrategista de guerra no século IV a.C., com base em sua experiência nas guerras enfrentadas pelo povo chinês. E foi com o foco nestas batalhas que dividiu suas estratégias militares em 13 capítulos para orientar generais a conduzir suas tropas de modo eficaz para que estes saíssem vitoriosos das batalhas.

Neste livro, Sun Tzu mostra também os erros que os líderes cometem e aponta formas de evitar que se repitam durante o combate. Apesar de falar sobre guerra, o autor reforça que o importante é preservar a paz. Muitos reis e demais líderes ao longo da história usaram os seus ensinamentos para gerenciar questões ligadas à soberania de seus povos. 

Para Sun Tzu, um dos fatores fundamentais para alcançar a vitória em uma guerra é a identificação dos pontos fortes e fracos, tanto do adversário quanto de si mesmo. Outros fatores importantes são: Planejamento, Preparação e Atitudes precisas e racionais. Os conselhos foram utilizados por diversos estrategistas militares ao longo da história, entre eles: Napoleão, Zhuge Liang, Takeda Shingen, Vo Nguyen Giap e Mao Tse Tung.

Conselhos de Sun Tzu no Coaching 

No Coaching, todos esses ensinamentos também são amplamente desfrutados para o desenvolvimento de um processo eficiente, possibilitando o alcance de grandes resultados em curto espaço de tempo. A filosofia do Coaching mostra que é possível alcançar resultados extraordinários de maneira estratégica e autêntica em todos os campos da sua vida. 

Hoje, o livro “A Arte da Guerra” se tornou uma referência para orientar líderes de várias organizações empresariais a lidar com questões do universo corporativo, sobretudo no que diz respeito à gestão e desenvolvimento de estratégias. Além disso, é indicado para pessoas que desejam se conhecer com mais profundidade. Para Sun Tzu nenhuma batalha pode ser travada se você não conhece a si mesmo. 

Ensinamentos do livro “A Arte da Guerra”

Confira abaixo alguns conselhos de Sun Tzu, inspire-se nestes pensamentos, exerça uma gestão vitoriosa e torne-se um grande líder você também:

“As oportunidades multiplicam-se à medida que são agarradas.”

Qualquer atividade na vida demanda assumir alguns riscos para poder crescer. Então, estar pronto para aproveitar as oportunidades que surgem é essencial para encontrar novas oportunidades. 

“Conheça o inimigo e a si mesmo e você obterá a vitória sem qualquer perigo; conheça o terreno e as condições da natureza, e você será sempre vitorioso.”

Esse conselho é especialmente relevante para quem tende a se colocar em movimento assim que se vê diante de uma situação desafiadora. Refletir um momento pode ser a diferença entre a vitória e a derrota. Entender quais são as ferramentas que possuímos e como elas podem nos fortalecer no campo de batalha corporativa é crucial para que nossos esforços sejam eficazes. 

“Aquele que se empenha a resolver as dificuldades resolve-as antes que elas surjam. Aquele que se ultrapassa a vencer os inimigos triunfa antes que as suas ameaças se concretizem.”

Atualmente, a ansiedade é um dos males mais presentes em nossa sociedade e atrapalha consideravelmente a adoção de um estilo de vida mentalmente saudável. O conselho de Sun Tzu é ideal para esse cenário, pois ele nos diz para agir antes que o problema surja. Ao invés de ficar ansioso por uma questão, é interessante pensar em como evitar que ela se torne um problema.

“Quando o comandante demonstrar fraqueza, não tiver autoridade, suas ordens não forem claras e seus oficiais e tropas forem indisciplinados, o resultado será o caos e a desorganização absoluta.”

Uma liderança forte e focada é fundamental para guiar a equipe para o sucesso. Além disso, é determinante estabelecer um modelo de trabalho que se baseie em processos claros e organizados. 

“Conheces teu inimigo e conhece-te a ti mesmo; se tiveres cem combates a travar, cem vezes serás vitorioso. Se ignoras teu inimigo e conheces a ti mesmo, tuas chances de perder e de ganhar serão idênticas. Se ignoras ao mesmo tempo teu inimigo e a ti mesmo, só contarás teus combates por tuas derrotas.”

O autoconhecimento e a análise crítica dos concorrentes é essencial para traçar planos sólidos para a sua empresa. Temos a tendência a querer diminuir a outra parte, ou seja, fazer do concorrente menor e menos preparado do que ele realmente é. Essa atitude presunçosa só pode guiar ao fracasso. Então, é essencial olhar com sinceridade para si mesmo e para o outro.

“Derrotar o inimigo em cem batalhas não é a excelência suprema; a excelência suprema consiste em vencer o inimigo sem ser preciso lutar.”

Saber negociar e manter tudo no âmbito da paz é positivo para todas as partes envolvidas. Além disso, evitar o embate proporciona salvaguardar recursos e energia. Tudo o que não é despendido em um enfrentamento se torna recurso para investir no próprio crescimento.

“O verdadeiro método, quando se tem homens sob as nossas ordens, consiste em utilizar o avaro e o tolo, o sábio e o corajoso, e em dar a cada um a responsabilidade adequada.”

Saber delegar tarefas de acordo com as habilidades de cada um é fundamental para alcançar resultados positivos e evitar frustrações. Quando todos têm uma função bem definida dentro do grupo não há espaço para rivalidades e nem para desmotivação. Além disso, há o melhor aproveitamento de todos os elementos do capital humano. 

“Não é preciso ter olhos abertos para ver o sol, nem é preciso ter ouvidos afiados para ouvir o trovão. Para ser vitorioso você precisa ver o que não está visível.”

Analisar o contexto é uma parte crucial para quem deseja alcançar o sucesso. De tempos em tempos, é válido voltar a olhar com atenção para as estratégias traçadas para entender se elas estão trazendo os resultados desejados. Se houver qualquer desencontro entre o planejado e a realidade, é sempre tempo de mudar a direção.

“A habilidade de alcançar a vitória mudando e adaptando-se de acordo com o inimigo é chamada de genialidade.”

Seguindo a lógica do conselho acima, é preciso estar pronto para mudar a direção sempre que for necessário. Precisar adequar a estratégia não deve ser visto como uma fraqueza, ao contrário, é uma oportunidade de formular um plano ainda mais adequado. Vivemos em um contexto em que as variáveis mudam constantemente, sendo essencial trabalhar de acordo com o que elas propõem. 

“Se quisermos que a glória e o sucesso acompanhem nossas armas, jamais devemos perder de vista os seguintes fatores: a doutrina, o tempo, o espaço, o comando, a disciplina.”

Ser bem-sucedido na vida pessoal e profissional demanda ter firmeza na sua palavra. Precisamos sempre agir de acordo com aquilo que nos propomos a fazer e a ser. Agir de maneiras que fujam dessas proposições é uma forma de se desviar do seu caminho.

Gostou deste artigo? Já leu “A Arte da Guerra”? Comente abaixo e compartilhe o conhecimento com seus amigos!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC – Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.



LINK DA FONTE

Rolar para cima