Inbound Recruiting – O que é e como aplicar na sua empresa? :: IBC

imã atraindo pessoas

Saiba como aplicar o Inbound Recruiting na sua empresa.

O conceito de Inbound Recruiting, inspirado no Inbound Marketing, também objetiva a atração de público de interesse. No entanto, enquanto o último foca na atração de consumidores para uma marca, o primeiro visa atrair profissionais de talento para os quadros de colaboradores. 

Sendo assim, os resultados da técnica inbound se estendem para além das fronteiras dos setores empresariais. Trata-se de um dos pilares de crescimento empresarial do cenário atual. Prossiga na leitura para entender o conceito de Inbound Recruiting e como ele pode ser aplicado na prática. 

Afinal, o que é Inbound Recruiting?

O objetivo central do Inbound Recruiting é atrair profissionais qualificados para trabalhar na organização. Ressaltamos que essa técnica é totalmente diferente do procedimento de apenas postar descrições de vagas em mídias sociais e aguardar que os candidatos apareçam. 

Podemos definir o Inbound Recruiting como um tipo de divulgação com direcionamento ou segmentação conforme o perfil comportamental do público. A principal ferramenta para trabalhar nesse tipo de divulgação é o desenvolvimento de conteúdo com grande poder de engajamento. É essencial que a imagem da marca como empregadora seja devidamente fortalecida. 

Empresas que aplicam o Inbound Recruiting com sucesso passam a contar com profissionais promotores da companhia e seus processos seletivos. Isso significa que os profissionais não apenas participam desses processos, como também indicam para outros candidatos em potencial. 

Inbound Recruiting: como funciona na prática?

O processo de Inbound Recruiting está baseado em cinco etapas que abrangem diversas técnicas e estratégias de recrutamento. Confira abaixo mais detalhes sobre essas etapas.

1. Atração

A primeira etapa do Inbound Recruiting consiste no estabelecimento do primeiro contato com um profissional. Nessa fase estão concentradas medidas como a customização do site da companhia, personalização da linguagem dos conteúdos de redes sociais e interações com o público. 

Uma estratégia bastante utilizada nessa etapa é a dos depoimentos de colaboradores falando a respeito da experiência de trabalhar na companhia. Também se utiliza consideravelmente as técnicas de storytelling, contar histórias que relatam desejos e alvos profissionais esperados pelo empreendimento. 

2. Conversão

Os profissionais que forem impactados e atraídos pela marca empregadora da empresa entrarão em contato de alguma maneira. Esse contato pode acontecer através de: 

  • Consumo de mais conteúdo da empresa; 
  • Interações através das redes sociais; 
  • Candidatar-se a uma vaga de um processo seletivo; 
  • Preenchimento de formulários de newsletter, banco de talentos entre outros. 

Independentemente de qual tenha sido o indicativo de interesse, é importante que a companhia dê início ao processo de captação de dados para se aproximar mais do profissional. Lembramos que o foco está na fidelização do colaborador. 

3. Nutrição

A partir do momento em que a companhia já tem acesso a informações, como interesses, habilidades e experiências do profissional, deve ser iniciada a fase de nutrição. Isso significa que os candidatos interessados receberão ofertas da companhia na forma de conteúdos, novidades ou vagas. 

Muitas empresas estão investindo na realização de lives com temas relacionados ao segmento de atuação da organização. Há também a produção de outros materiais que apresentam resultados positivos obtidos pela empresa. É uma forma de a companhia se posicionar como uma referência no seu mercado. Também demonstra que a marca está em pleno crescimento, sendo um lugar excelente para ter uma experiência profissional. 

4. Fechamento

Essa etapa se caracteriza pela realização da inscrição e chamada do colaborador para o processo seletivo. Para que o fechamento ocorra com sucesso, é fundamental que os recrutadores orientem os candidatos a respeito das etapas seletivas. 

Também devem estar claros os meios de contato com o setor de RH da companhia. Esse processo pode ser feito através do envio de e-mails ou de uma central interna organizada para essa finalidade. 

5. Encantamento

O encantamento deve ser realizado durante todas as fases do processo seletivo. Os participantes devem ser envolvidos a partir de métodos e técnicas que envolvam os participantes. Entre essas ferramentas podemos citar atividades experienciais, dinâmicas em grupo e até games interativos. 

O foco do encantamento é fazer com que os candidatos tenham contato com a cultura da companhia e vivenciem experiências marcantes. Os candidatos devem aprender algo de valor ainda que não sejam contratados. Se esses critérios são atingidos se tem uma marca empregadora de alto nível. 

Como aplicar o Inbound Recruiting na sua empresa?

A seguir iremos explicar como desenvolver um Inbound Recruiting eficiente para alavancar a marca empregadora da sua empresa. 

1. Defina o candidato ideal

No Inbound Marketing é essencial conhecer profundamente o perfil do consumidor da marca para pensar no seu posicionamento no mercado. O mesmo acontece no Inbound Recruiting, porém, nesse caso, o objetivo é conhecer em detalhes o perfil do candidato ideal. Uma técnica que pode ser empregada é a da criação de uma persona.

A persona nada mais é do que uma representação fictícia de alguém que possui as características do candidato ideal. Qual seria a faixa etária, formação, habilidades, experiências que fariam um candidato ideal? 

2. Mapeamento de canais de contato do candidato com a organização

Sabendo quem são os candidatos ideais, se deve seguir para o passo seguinte, mapear os canais de contato mais utilizados por esses profissionais para contatar a empresa. A métrica source of hire é uma grande aliada do setor de RH. Com essa informação a companhia pode divulgar anúncios de vagas e outras postagens por meio desses canais. 

3. Definição de estratégia de comunicação 

Com o perfil do candidato ideal traçado e os canais de contato mais utilizados identificados, é essencial delinear uma estratégia de comunicação adequada. O conteúdo desenvolvido para o Linkedln será diferente do conteúdo utilizado no Instagram, por exemplo. 

4. Relação de longo prazo

Mesmo nos casos em que profissionais que se candidataram às vagas não foram contratados, é válido manter o contato e relacionamento. Devemos ressaltar que um dos principais objetivos do Inbound Recruiting é formar um time de defensores da marca. 

Conheça as vantagens de aplicar o Inbound Recruiting

A seguir listamos os benefícios de adotar o Inbound Recruiting na sua empresa: 

  • Reduz custos dos processos seletivos; 
  • Reforça a imagem empregadora da companhia; 
  • Permite contratações mais eficientes; 
  • Permite desenvolver processos seletivos mais inovadores. 

Gostou de saber mais sobre o Inbound Recruiting? Aproveite para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais para passar o conhecimento adiante!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC – Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.



LINK DA FONTE

Rolar para cima