Marketing interno X Endomarketing – Qual a diferença? :: IBC

equipe de trabalho

Saiba como aplicar marketing interno e endomarketing na sua empresa.

marketing interno quanto o endomarketing são essenciais para manter o bom funcionamento de uma empresa. Com essas estratégias é possível promover a marca e gerar engajamento dos colaboradores. Entre as consequências positivas estão um bom clima organizacional e aumento da produtividade nas equipes. 

Contudo, embora tenham funções semelhantes, marketing interno e endomarketing, são conceitos distintos. No artigo a seguir iremos explicar com detalhes ambos os conceitos e como implementá-los na sua companhia para potencializar os resultados. Boa leitura! 

Afinal, o que é marketing interno?

O marketing interno é também conhecido como comunicação interna. Consiste em uma prática dentro de uma organização que tem como foco promover a comunicação entre a empresa e seus colaboradores. Essa prática comunicativa tem caráter social e está focada no relacionamento interpessoal. Atua para realizar a propagação da marca e da cultura da companhia internamente. 

Para que o marketing interno possa acontecer, são criados canais de informação/comunicação dentro da companhia. Através desses canais, ocorre a transmissão de mensagens, permitindo haver um espaço aberto para que os colaboradores se expressem. 

Algo importante de destacar é que no marketing interno o público é visto e tratado como colaborador ou parceiro. Essa abordagem faz toda a diferença para tornar o ambiente de trabalho mais salutar e construir um clima organizacional mais positivo. Entre as consequências positivas está a retenção de talentos. 

E o que é endomarketing?

Como vimos acima, o marketing interno consiste na comunicação interna realizada entre a empresa e os colaboradores. Por sua vez, o endomarketing tem o papel de vender a imagem da organização, seus produtos e/ou serviços internamente.

A função do endomarketing é transformar os colaboradores em propagadores da marca. Para que isso seja colocado em prática, são utilizadas estratégias e ferramentas do marketing.

O endomarketing possui caráter comercial, diferente do marketing interno, que possui caráter social. O público interno é visto e tratado como clientes. É um trabalho que se faz para que os colaboradores acreditem na marca e se sintam compelidos a divulgá-la de forma positiva. Os profissionais passam a defender um propósito e aquilo que a companhia oferece. 

A partir dessas estratégias, é promovido um sentimento de pertencimento a algo maior. Os profissionais passam a se engajar mais amplamente para ter um desempenho melhor e promover a marca da empresa. O objetivo que o público é estimulado a buscar é o de melhorar a visibilidade no mercado e como consequência os resultados. 

Qual a diferença entre marketing interno e endomarketing?

A grande diferença entre marketing interno e endomarketing está nos objetivos buscados por cada uma das estratégias. O foco do marketing interno é o de realizar a comunicação entre a companhia e os colaboradores. Já o endomarketing visa vender uma imagem positiva da organização para os colaboradores para torná-los divulgadores da marca.

Então o marketing interno está baseado na realização de uma comunicação entre a empresa e os colaboradores e o endomarketing se baseia na comunicação para os colaboradores. Os focos e as estratégias adotadas são distintos e visam resultados diferentes. 

Estratégias de marketing interno e endomarketing: como aplicar na empresa?

Antes de adotar qualquer estratégia de marketing interno ou endomarketing na sua empresa, é essencial realizar pesquisas para entender os seus colaboradores. É preciso identificar o nível de satisfação dos profissionais e como a empresa pode torná-los mais engajados. Deve-se construir uma rede de confiança com a marca.

Também é válido investir em treinamentos que ajudem a mostrar o que a empresa tem a oferecer, além de potencializar a capacitação dos colaboradores. Esses treinamentos podem focar no desenvolvimento de habilidades técnicas, soft skills e até mesmo ampliar o conhecimento a respeito de produtos/serviços da empresa. 

Eventos para estimular a interação entre diferentes setores também têm impacto considerável para construir uma marca interna mais forte. Essas ações podem melhorar a motivação, o engajamento e a comunicação entre os colaboradores, mesmo aqueles que atuam em setores diferentes.

É uma oportunidade para pensar e estruturar melhor a comunicação da companhia de forma a transmitir as mensagens com mais foco em diferentes canais. 

Qual é o departamento responsável pelas estratégias?

Em linhas gerais, o trabalho de marketing interno e endomarketing devem ser realizados por dois setores em conjunto: o de Marketing e o de Recursos Humanos. Os dois devem trabalhar alinhados e juntos para costurar estratégias aplicadas por ambos os setores. A comunicação entre esses dois pilares da empresa deve ser clara e direta. Somente assim as práticas serão realmente efetivas. 

O RH fica responsável pela realização de pesquisas e entendimento dos colaboradores de forma geral. Assim, é possível entender o que os profissionais estão buscando e como está seu nível de desempenho e engajamento com a empresa. Também fica aos cuidados desse setor a parte pessoal do processo. 

Para o setor de Marketing, fica a parte de pensar e estruturar os canais e estratégias mais adequados para se comunicar com o público-alvo. Esse departamento tem como responsabilidade planejar as peças e as mensagens que serão divulgadas. 

Quais são os benefícios para a empresa?

Ao longo do artigo explicamos os conceitos de marketing interno e endomarketing. A partir dessas explicações, ficou claro que são conceitos distintos. É importante ressaltar que se trata de estratégias complementares que levam a uma série de benefícios para a companhia. Tanto o marketing interno quanto o endomarketing contribuem para melhorar a satisfação dos colaboradores gerando mais produtividade e engajamento para as equipes. 

Também contribuem para que a companhia alcance resultados positivos de maneira geral, melhorando, assim, os indicadores do setor de RH. Com um bom clima organizacional, é possível reduzir consideravelmente as taxas de turnover. Isso se reflete em uma ampla redução de custos com demissões devido a insatisfações profissionais. 

Há também grande melhora da comunicação entre os colaboradores e a organização. Com uma comunicação mais clara entre as equipes e as lideranças é mais fácil observar a aceleração do fluxo de informações. Passa a existir mais consciência a respeito do trabalho que está sendo realizado, levando, então, à melhora dos processos em todos os setores. 

Gostou de saber mais sobre marketing interno e endomarketing? Essas estratégias são aplicadas na sua empresa? Comente abaixo e aproveite para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais para passar o conhecimento adiante!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC – Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.



LINK DA FONTE

Rolar para cima