Saiba como promover segurança psicológica no trabalho

equipe de trabalho feliz

Entenda o que é segurança psicológica no trabalho.

Cada vez mais empresas reconhecem a importância de promover a segurança psicológica no trabalho para alcançar o sucesso. A construção de um ambiente corporativo saudável é um desafio que precisa ser encarado pelas organizações que desejam se manter competitivas.

Estímulos positivos são importantes para manter a equipe engajada e focada na produtividade. Neste artigo iremos explicar o conceito de segurança psicológica no trabalho e como promovê-la no escritório. Boa leitura! 

Afinal, o que é segurança psicológica no trabalho?

A professora Dra. Amy Edmondson, da Harvard University, nos Estados Unidos, foi quem criou o termo “segurança psicológica”. Esse conceito diz respeito ao compartilhamento, entre os membros da equipe, de que estão inseridos num ambiente seguro para tomar riscos interpessoais. 

Em linhas gerais, a segurança psicológica consiste no fator que torna o ambiente de trabalho seguro e confortável para que os indivíduos desenvolvam sua autenticidade. Estando num ambiente saudável é possível ampliar sua capacidade criativa e compartilhar ideias, perspectivas e dúvidas sem medo de julgamentos. 

Muitos profissionais evitam emitir opiniões justamente por ter receio das críticas ou ainda por temer represálias. Um ambiente de trabalho conflituoso é prejudicial tanto para o bom desenvolvimento do trabalho quanto para o bem-estar dos profissionais. 

Os profissionais inseridos num ambiente organizacional pesado e sem espaço para erros geralmente são mais estressados e insatisfeitos. A segurança psicológica é essencial para haver interesse e engajamento por parte dos colaboradores. 

Os quatro aspectos principais da segurança psicológica 

A segurança psicológica no trabalho é pautada por quatro aspectos principais, conheça melhor abaixo. 

Expressão

Um ambiente de trabalho produtivo e saudável é aquele onde os membros da equipe se sentem confortáveis para expressar suas ideias, dúvidas e perspectivas. Nesse contexto é possível haver a troca de conhecimentos e experiências entre os colaboradores. 

Equipes que estão inseridas num ambiente que propicia a expressão tendem a ter debates construtivos e encontrar soluções para eventuais problemas. Para reforçar a segurança psicológica na empresa é preciso contar com diretrizes claras de expressão e comunicação. 

Interação

O incentivo para a interação entre as equipes, inclusive aquelas que atuam em funções distintas, potencializa o desenvolvimento de uma rede de compartilhamento de informações. 

Essa interação entre profissionais de diferentes times contribui para o desenvolvimento de um clima de conforto. Também se abre a possibilidade de desenvolver uma cultura de feedback

Aprendizado

O aprendizado é uma consequência dos dois fatores mencionados acima. A interação e a expressão levam ao desenvolvimento de importantes habilidades. Inclusive, podem surgir novos formatos de processos internos que tornarão a empresa mais ágil. É um benefício significativo para as equipes. 

Pertencimento

O sentimento de pertencer é um dos fatores essenciais para o fortalecimento de qualquer grupo humano. Sentir-se parte de algo maior é o que gera o sentimento de acolhimento verdadeiro. Quando nos sentimos acolhidos temos a tendência de nos esforçar mais para preservar o nosso bem-estar pessoal e daqueles com quem convivemos. 

Esse é um processo que se desenvolve dentro das empresas e, por isso, o pertencimento é um aspecto relevante do desenvolvimento da segurança psicológica. A busca pelo desenvolvimento e manutenção de um ambiente saudável é fundamental para o crescimento da empresa.

Segurança psicológica no trabalho: saiba como promover

O mercado de trabalho tem se tornado cada vez mais dinâmico e competitivo. Nesse contexto, é preciso que as empresas brasileiras busquem formas de se adaptar às necessidades dos seus colaboradores. Um dos fatores mais relevantes que vem sendo mais debatido com certeza é a segurança psicológica. 

Já se reconhece a importância de que os colaboradores se sintam valorizados e tenham suas vozes ouvidas. A seguir listamos algumas dicas de como a segurança psicológica pode ser promovida no ambiente de trabalho levando ao aumento da produtividade e engajamento. 

1. Desenvolvimento da cultura de feedback

Para tornar a empresa um ambiente mais propício à segurança psicológica, é essencial que se crie uma rotina de feedbacks constantes. Deve ser criado um canal transparente e confiável que promova a escuta ativa e troca de experiências entre os colaboradores. Assim não haverá receios de compartilhamentos de opiniões e sugestões. 

A estruturação desses canais precisa contar com a participação ativa do setor de RH da empresa. O objetivo dos processos de feedback é levar ao desenvolvimento do capital humano da companhia de maneira geral. 

2. Desenvolvimento de mais tolerância aos erros e diferenças

O ambiente de trabalho pode despertar uma série de inseguranças e dificuldades para que os profissionais exponham suas dúvidas e ideias. Há o medo de que suas perguntas sejam consideradas “bobas” ou que suas ideias não sejam pertinentes. O medo de errar é uma barreira que impede muitas colaborações relevantes.

Para que esse medo seja deixado de lado é necessário criar e fortalecer uma cultura de tolerância aos erros. Essa cultura deve ser orientada à solução de problemas que podem barrar a entrega dos colaboradores. A companhia deve deixar claro que as dúvidas e as ideias são bem-vindas e que não há espaço para reações intolerantes. 

3. Ambiente criativo e com autonomia

Os funcionários devem ser incluídos no processo de tomada de decisões que sejam referentes ao trabalho. Essa é uma forma de exercitar e desenvolver a escuta ativa, incentivando o fortalecimento do processo criativo. Também é uma maneira de desenvolver lideranças futuras.

Pode ser bastante vantajoso para a empresa incluir os colaboradores no processo de tomada de decisão. Os profissionais ajudarão a tornar o horizonte mais amplo e a encontrar soluções mais relevantes. 

4. Processos e informações mais transparentes 

Uma das grandes prioridades de qualquer empresa deve ser desenvolver processos transparentes que permitam acesso às informações. Em um ambiente em que tudo está claro, não há espaço para o desenvolvimento de insegurança psicológica. Os colaboradores devem estar a par de tudo aquilo que os envolve.

É importante que processos, desde o registro de ponto até os feedbacks, estejam acessíveis para os colaboradores. Esse acesso faz com que os profissionais se sintam valorizados e não tenham receio de se expressar por não saber quais as possíveis consequências.

Gostou de saber mais sobre como promover a segurança psicológica no trabalho? Comente abaixo e aproveite para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais para passar o conhecimento adiante!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC – Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.



LINK DA FONTE

Rolar para cima