Destacando-se nas dinâmicas em grupo

Dinâmica em grupo

Veja aqui como se destacar nas dinâmicas em grupo.

As dinâmicas em grupo são uma importante etapa do processo seletivo. Permitem a avaliação do perfil do candidato por meio de atividades e jogos que simulam situações previamente elaboradas, seja no âmbito pessoal ou profissional. 

As respostas de cada candidato diante da mesma situação indicam quem atende, ou não, às exigências da vaga. Ao realizar atividades em grupo, o objetivo é que as pessoas se revelem com maior facilidade e naturalidade possível. Assim se destacam as características mais importantes e as que são de interesse da empresa.

Não há como se preparar para participar de uma dinâmica em grupo porque não dá para saber de antemão o que será pedido. Mas, é possível investir em algumas regras que, em geral, são bem-vistas por todas as empresas, independentemente do cargo ofertado.

Continue lendo para entender mais sobre como se destacar nas dinâmicas em grupo.

Dinâmicas em grupo: o que os recrutadores esperam? 

O que os selecionadores esperam de um candidato em uma entrevista de emprego é que ele consiga aproveitar todas as oportunidades para demonstrar suas competências. É importante, portanto, que o candidato tenha consciência de que tudo o que for feito será analisado.

É fundamental deixar suas preocupações e bloqueios de lado para se concentrar na vaga que pretende ocupar. Já faz algum tempo que habilidades e características pessoais vem ganhando mais espaço nas demandas das companhias. Então é preciso estar preparado para demonstrar ao máximo os seus pontos fortes. 

O objetivo é que os selecionadores identifiquem que você é um candidato preparado do ponto de vista técnico e pessoal. Ter o que é preciso para se integrar à equipe é o que fará a diferença para a sua contratação. Durante uma avaliação como essa é crucial ter inteligência emocional e preparo.  

Dicas para se destacar nas dinâmicas em grupo

Processos seletivos que envolvem dinâmicas em grupo são bastante comuns para preencher diferentes vagas. Então é necessário estar preparado psicologicamente para ter um bom desempenho.

Se para você parece praticamente impossível controlar o nervosismo na hora da dinâmica em grupo, vale a pena conferir as dicas a seguir. 

1. Não crie um personagem

Cada dinâmica tem seu propósito muito bem definido e, às vezes, uma empresa pode estar buscando candidatos mais extrovertidos e com alto potencial de liderança. Em outras, a busca é por candidatos mais analíticos e organizados. 

Por isso, é importante ser você mesmo e não criar um personagem para apresentar durante a dinâmica. Como possivelmente não sabe o que a organização procura, o melhor é ser quem você realmente é. 

Pense da seguinte forma: se você se mostrar como alguém que não é e for contratado não conseguirá manter a atuação em médio e longo prazo. Então é mais interessante se manter focado em dar destaque para as características positivas que realmente possui. 

2. Participe das atividades

Em média, uma dinâmica em grupo dura de duas a três horas. É este o tempo que o recrutador tem para avaliar todos os candidatos e, por isso, entrar mudo e sair calado não ajuda a evidenciar suas qualidades. 

Aproveite o tempo da dinâmica para contar quem você é, se mostrar e dar informações relevantes. Por mais que seja tímido, faça um esforço para demonstrar o seu potencial. Você pode treinar diante do espelho para se sentir mais seguro quando for falar diante das outras pessoas. 

3. Evite exageros

Ao participar de dinâmicas em grupo, faça suas atividades com bom senso e sem exageros. Evite ser aquela pessoa que fala o tempo todo, pois isso pode irritar o recrutador. Também evite risadas muito altas e prolongadas, interromper os colegas ou querer demonstrar que sabe mais do que as outras pessoas.

Nem sempre a pessoa que mais fala é a que mais se destaca positivamente. O recrutador pode estar em busca de alguém mais assertivo, isto é, que fale pontualmente quando tem algo relevante a acrescentar. Ser direto é uma qualidade desde que você saiba dosar para não parecer grosso ou seco demais. 

4. Conheça a empresa

Antes de se candidatar à vaga — e, especialmente, antes de ir para a entrevista ou dinâmica —, pesquise sobre a empresa. Saiba o que ela faz, a que segmento pertence e tente entender que tipo de profissional ela está buscando. As informações que você consegue sobre a empresa podem ser muito úteis na hora da dinâmica.

Além disso, os recrutadores percebem quais candidatos fizeram essa pesquisa prévia. Quem demonstra ter esse conhecimento sai na frente porque fica evidente que tem interesse verdadeiro na vaga e na empresa. 

5. Conheça seus pontos fortes e pontos que precisam de melhoria

O autoconhecimento é muito importante tanto na vida pessoal quanto na profissional. Em uma dinâmica de grupo, você pode destacar os seus pontos fortes e ganhar alguns pontos com isso.

E tenha certeza que o recrutador não quer ouvir que seu defeito é ser muito perfeccionista. Quando o candidato reconhece que possui um ponto que pode ser melhorado, também demonstra que está preparado para investir nessa jornada de evolução. 

6. Preste atenção ao que foi pedido

Dinâmicas em grupo são experiências um tanto quanto difíceis, é preciso executar uma tarefa com pessoas que você não conhece. Então é interessante que preste muita atenção ao que está sendo pedido. 

Ao ter bem claro em sua mente o que precisa ser feito, você se sentirá mais seguro. Apenas foque no que precisa fazer e em entregar o melhor que puder. E não se esqueça de que precisará interagir de forma agradável com seus concorrentes. 

7. Persista

Se não der certo na primeira dinâmica, não desista. Isso pode ter acontecido porque talvez não tenha as competências específicas que a empresa buscava, mas certamente possui características que são valorizadas por outras companhias.

E não leve essa não escolha para o lado pessoal. O fato de não ter sido contratado apenas significa que não se encaixou naquela vaga. Inclusive, pode acontecer de, no futuro, você ser contratado por essa empresa para outra vaga. 

Gostou do artigo? Quer contribuir com mais alguma informação? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe o conteúdo nas redes sociais.



LINK DA FONTE

Rolar para cima