Frase do: O PENSADOR

Bolhas Sociais. Como matam gênios diariamente. ⁠As bolhas sociais, como gosto de chamar são organizações, grupos de seres humanos que em um determinado momento ... Frase de Fael Demon.

Bolhas Sociais.
Como matam gênios diariamente.

⁠As bolhas sociais, como gosto de chamar são organizações, grupos de seres humanos que em um determinado momento descobriram que partilham de algo em comum e quiseram se organizar de alguma forma. Isso é instinto, seres humanos sozinhos morrem.

Partindo como base disso, outros humanos te dão estímulos o tempo todo, estímulos amorosos, valores, moral, sobre ética, pessoas ao seu redor de certa maneira estão te influenciando a todo momento. De fato, caso se cerque de pessoas incoerentes com o seu padrão de visão de mundo, quanto mais você convive e conhece essas pessoas irá ter mais coerência.
“Tudo que existe faz parte da nossa experiência”
Logo, você só está ciente e compreende aquilo que absorve através de leitura, visualização ou qualia.

Mesmo que de forma inconsciente recebemos e analisamos absolutamente tudo que nós é apresentado, especialistas afirmam que nosso cérebro recebe de seus sensores cerca de 11 milhões de bits de informação por segundo. Através disso, o seu consciente toma consciência do que é mais cabível e importante a partir de sua percepção.
Acho importante salientar meu nome é Rafael, tenho 19 anos, nasci no dia de São Geraldo do ano de 2003, (um fato interessante é que também é o “Dia do Chefe”, porém não me considero um chefe, a recompensa para aqueles que compartilharem, partilharem ou aprenderem com qualquer pensamento meu, é um simples fato de empatia! você concluiu e percebeu algo completamente diferente de mim). Nunca me enquadrei no sistema de ensino convencional e até onde me lembro a minha própria arrogância fez isso, como hoje acredito que a arrogância discorra de uma forma que não entendo da imaturidade, e que, mesmo que no meu atual momento a humildade não se trate de uma virtude e sim de um exercício. Estudei tudo que estudei até o momento por conta própria, caso algum erro gramatical ou de concordância ocorra é por conta deste fato, então devem me corrigir de qualquer engano ou erro!

Então agora que já estamos contextualizados sobre os possíveis erros de português, devemos seguir!

Não lembro de forma exata como cheguei a essa conclusão, mas o fato é que acontece. Imagine um pintor famoso que por decorrência da pressão exercida em sala de aula por seus costumes de pintura serem “socialmente estranhos”, é reprimido até nutrir ódio por essas pessoas ou pela pintura e nunca se torna, nem pintor, nem famoso. Algo que seria lindo, quase como uma música aos olhos para tantos apreciadores de arte pelo mundo, seria para mim somente um pedaço de papel na parede pelo simples fato de eu ser um completo leigo sobre tudo que engloba pinturas.

Então a partir desse pensamento eu questiono, até onde os jovens da sala de aula fazem por maldade (prazer e diversão ao caçoar do diferente) e até quando fazem por instinto (reação quase que automática e já esperada a um estimulo ou fator já conhecido)?

Minha opinião é que não tem como saber, o ser humano não aceita sua insignificância e capacidade mental reduzida e patética, achamos que sabemos de tudo em quanto nos acomodamos cada vez mais e emburrecemos cada vez mais. Quando nós é mostrado algo fora do nosso espectro de visão anterior a frustração gera raiva, a sensação de incompreensão sobre o “porque, onde ou como”.

Logo concluo que dai nasce a expressão revoltada “por qual razão, motivo ou circunstância?”. Da simples falta de compreensão
E da raiva do “diferente” do meu grupo, eu reprimo, afasto, isolo. Mesmo que as vezes inconscientemente. (Relembro que não é o único comportamento, porém um fato é que ele acontece).
Mesmo que esse comportamento ainda fosse muito pouco, não é de nossa obrigação moral ajudar na evolução?
Quando um comportamento deixa de ser instintivo?
O choro, sucção e grito de bebês para ter alimento são exemplos de instintos. Em qual momento você deixa de gritar e chorar quando não te dão algo?
Quando assume conscientemente que aquela é uma ação socialmente mal vista (um homem barbado chorando por ter recebido uma negativa é socialmente ridículo, conhevamos).
E mesmo que não concorde com o que digo, mas você só não é um assassino por medo da repressão que isso gera, social, legal, familiar. Pense nos animais que os humanos constantemente matam com a premissa de “irracionais”. Pelo simples fato de serem diferentes de nós.

Caçamos e matamos Javalis, Leões, Elefantes e nem vou continuar a lista porque a arca de Noé estava lotada!

Nem se quer questionamos se eles tem uma visão de mundo, se existe pensamento, é impossível pra um ser humano imaginar isso por estar extremamente habituado a se sentir ainda o centro do universo.

minha compreensão de Galileu Galilei é que não era somente de física que estava sendo falado, o ser humano se acha realmente o centro do universo. Donos da terra e que tudo se curve a nossa vontade. Quantas vezes abatedouros pararam completamente suas produções de alimentos porque as vacas estavam conversando entre si e contaram que tinham filhos e netos?

Não ligamos porque não entendemos, a falta de compreensão faz ignorar ou nutrir raiva.

Então dito isso, voltemos ao início, até quando deixa de ser instinto?
Quando temos o conhecimento cabível?!

Não me declaro o detentor deste conhecimento, apenas alguém que pensa bastante e tem pensamentos que possam ser verificados e validados por pessoas com mais instrução.
Mas não me entenda mal! não penso que isso seja ruim ou bom, somente um comportamento humano a ser observado, debatido e entendido. Também sou um ser humano e tenho tantas dúvidas quanto vocês, assim como vocês estudo e busco constantemente o que gosto, minhas dúvidas são infinitas e gostaria de compartilha-las com vocês. Assim nasce a esperança de que alguém com mais instrução nessa pauta poderia sanar elas para mim! fé, comportamento unicamente humano.

LINK DA FONTE

Rolar para cima