Você sabe o que é Deep Work?

homem focado no trabalho

Entenda o conceito de deep work.

Quando encerra o dia de trabalho, você pensa que apesar de estar cansado não fez tudo o que deveria? Já considerou que poderia ser mais produtivo? Essas são questões frequentes na vida de muitos profissionais. Se você vive com esses dilemas, saiba que pode mudar esse cenário tornando-se adepto do deep work. 

Nos últimos tempos, muito se tem falado sobre deep work, mas pode ser que você não saiba do que se trata. No artigo a seguir iremos explicar o conceito e como ele pode promover grandes transformações em sua rotina de trabalho e na sua vida pessoal. Quem não gostaria de ter mais tempo para passar com a família? 

Mas, afinal, o que é deep work?

Em 2015, Cal Newport lançou o livro “Deep work: rules for focused success in a distracted world” (em português: “Trabalho focado: como ter sucesso em um mundo distraído”). Nessa obra o autor nos apresenta o conceito de deep work. 

No decorrer do livro, Newport explica como é possível se tornar mais produtivo do que se está sendo realizado. Para alcançar um bom ritmo de produtividade, é importante trabalhar de forma focada. Isso significa se concentrar totalmente no que está fazendo no momento presente. 

Cal Newport: conhecendo o autor

Acima explicamos o que é deep work, mas provavelmente você está curioso para saber quem é Cal Newport e seu embasamento para propor esse conceito. Newport é professor de ciência da computação na Universidade de Georgetown, nos Estados Unidos. Ele também é autor de seis livros sobre autoaperfeiçoamento. 

Um dos focos da obra de Newport é apresentar dicas de como se manter produtivo numa era digital que oferece uma série de distrações. Por exemplo, enquanto você lê este artigo pode ser que seu smartphone esteja recebendo uma série de notificações das suas redes sociais. Vivemos o tempo todo distraídos pela tecnologia. 

Não seja multitarefas!

Muitas pessoas acreditam que a produtividade é decorrente de realizar várias tarefas ao mesmo tempo. Se essa é a sua ideia do que é ser produtivo, sentimos informar que é exatamente o oposto. 

Quando realizamos mais de uma tarefa ao mesmo tempo precisamos dividir nossa atenção entre elas. O resultado é que nenhuma das tarefas será realizada com primor. Tem ainda o fato de que ao alternar as atividades a concentração é seriamente afetada. Então, se deseja algo bem feito é melhor focar só nisso até concluir. 

Deep work: quais são as habilidades para o trabalho focado?

Você está lendo e pensando “vou entrar em deep work agora mesmo”? Se sim, precisamos alertar que, para entrar no trabalho focado, é preciso mais do que querer. É necessário focar e desenvolver ao menos duas habilidades essenciais. 

A primeira habilidade é ter domínio de coisas que apresentam elevado grau de dificuldade e complexidade. A segunda habilidade é a capacidade de aliar velocidade e qualidade naquilo que se está fazendo. 

Deep work: confira dicas para se tornar mais produtivo 

Ao longo do artigo apresentamos o conceito de deep work, o seu autor e as habilidades necessárias para desenvolvê-lo. A seguir listamos dicas de como entrar nesse modo de trabalho focado tornando-se assim mais produtivo, confira! 

1. Desenvolva rotinas e rituais

Ter uma rotina é importante para entender que as tarefas precisam ser realizadas em um determinado momento do dia. A rotina é um sinônimo de compromisso e assim você consegue se “blindar” melhor das distrações. Estabeleça o que precisa ser feito a cada hora do seu dia de trabalho e não desvie o seu foco. 

Porém, lembre-se de que para manter a sua concentração e a qualidade do trabalho é essencial fazer pausas. Intercalar os períodos de atividade com períodos de inatividade ajuda o cérebro a relaxar. Assim as tarefas são realizadas com mais eficiência. 

2. Nada de redes sociais

Já percebeu como é fácil entrar numa rede social para conferir uma notificação e ficar meia hora assistindo vídeos aleatórios de pets? Nada contra os vídeos de animais fazendo graça, mas eles devem ser vistos nos momentos pós-expediente.

A forma mais efetiva de evitar se distrair com as redes sociais é deixá-las de lado enquanto trabalha. Defina um horário do dia para verificar as redes sociais e fora desse período esqueça que elas existem. 

3. Defina um cronograma para o seu dia

Quando não sabemos exatamente quais são as tarefas e compromissos que teremos num dia, é difícil se organizar e ser produtivo. Parece que a todo o momento surge uma nova atividade que impede que as outras cinco sejam concluídas.

Para evitar esse cenário caótico, a dica é ter um cronograma de tarefas, você deve começar o dia sabendo tudo o que precisa fazer. Você pode utilizar um planner ou até um aplicativo para anotar as atividades e atribuir um tempo para que sejam realizadas. 

Porém, é essencial ter em mente que você pode e deve ter flexibilidade em relação a alguns pontos. É normal que algumas tarefas levem mais tempo do que imaginamos previamente e outras menos. Se possível, elabore seu cronograma do dia seguinte no final do expediente.

4. Defina prioridades

Reflita um momento, será que você vem investindo mais tempo do que o necessário em atividades que não são prioritárias? Por exemplo, checar os e-mails não é tão importante quanto negociar com um fornecedor pelo telefone. 

Para evitar perder tempo com atividades menos relevantes, você pode analisar e otimizar os seus horários para se dedicar ao que é mais importante. Flexibilize o seu dia para ter mais tempo para realizar as tarefas mais complexas.

5. Tenha um horário para encerrar o seu dia

Estabelecer um horário para concluir uma determinada tarefa te impulsiona a ser mais produtivo. Por isso, é interessante definir um horário para concluir seu dia de trabalho. Para quem trabalha como autônomo e/ou no modelo home office, essa dica vai fazer bastante sentido.

Estabeleça o horário em que deve entregar a última tarefa e se mantenha focado em seu objetivo. Ter um tempo limitado ajuda a aumentar a sua concentração naquilo que precisa ser feito. Lembre-se que, ao terminar as tarefas no horário certo, você se permite ter mais tempo para si mesmo.

Gostou de saber mais sobre deep work? Comente abaixo e aproveite para compartilhar este conteúdo em suas redes sociais para passar o conhecimento adiante!

José Roberto Marques

Sobre o autor: José Roberto Marques é referência em Desenvolvimento Humano. Dedicou mais de 30 anos a fim de um propósito, o de fazer com que o ser humano seja capaz de atingir o seu Potencial Infinito! Para isso ele fundou o IBC, Instituto que é reconhecido internacionalmente. Professor convidado pela Universidade de Ohio e Palestrante da Brazil Conference, na Universidade de Harvard, JRM é responsável pela formação de mais de 50 mil Coaches através do PSC – Professional And Self Coaching, cujo os métodos são comprovados cientificamente através de estudo publicado pela UERJ . Além disso, é autor de mais de 50 livros publicados.

*Esse conteúdo não é fonte para veículos jornalísticos ou matérias para imprensa, para utilização ou referência por favor entre em contato conosco.



LINK DA FONTE

Rolar para cima